sexta-feira, 11 de abril de 2014

TURISMO PEDE SOCORRO

GRUTA DO TROMBETEIROS (FOTO:WILSON S.GOMES)




Em 18 de outubro de 1980, o jornal “Voz de São João” publicou editorial intitulado "Turismo pede socorro", de minha autoria, onde eu afirmava: "É preciso criar uma mentalidade nova na cidade. Vamos criar o Departamento de Turismo! Vamos organizar a coisa, criar infra-estrutura, fazer o negócio da maneira certa, sem improvisações. Turismo é indústria sem chaminés, não polui. Turismo gera dinheiro, é bom e nós gostamos. E quem não gosta? Se todos os são-joanenses se unirem em torno deste objetivo tenho certeza de que conseguiremos embelezar nossa cidade, florir nossas janelas, enfeitar nossas ruas. Agora, isso deve ser feito com respeito às características da cidade, que já é centenária e tem história. Cuidemos da higiene de nossos bares e lanchonetes. Reformemos nossos hotéis e, se preciso construamos outros, mais modernos e confortáveis. Cuidemos melhor das estradas que conduzem a locais que ostentam belezas naturais, como a Cachoeira da Fumaça. Construamos um mirante, com um barzinho, por exemplo, no Alto do Tongó, de onde, para quem não sabe, se descortina uma maravilhosa vista de nossa cidade e das montanhas que a cercam. Criemos uma área de camping, pois os amantes do campismo também são filhos de Deus e, além disso, curtem a natureza e a respeitam. Transformemos uma de nossas áreas verdes em Parque Municipal, com um mini-zoológico, playground para as crianças se divertirem, passeios a cavalo, charretes, etc. O dia em que tivermos feito tudo, ou quase tudo, o que foi dito acima poderemos afirmar: São João Nepomuceno é uma cidade turística.”.
“Em 26 de outubro de 1980 no “Jornal de Minas”, de Belo Horizonte, o jornalista M.R. Gomide, em sua coluna intitulada “Turismo Econômico”, escreveu o seguinte comentário: “Transcrevemos o editorial de “Voz de São João” editado na industrializada São João Nepomuceno, receptiva cidade da Zona da Mata de Minas Gerais. O editorial está assinado por Nilson Magno Baptista, que demonstra o seu conhecimento sobre infra-estrutura turística, ao mesmo tempo refletindo a preocupação de se preservar a cidade para que a mesma possa mostrar tudo aquilo de bom que possui e oferecer aos turistas o lazer desejado. É gratificante ver que a nossa imprensa do interior vai aos poucos compreendendo que também é de sua responsabilidade contribuir para a conscientização de seus habitantes para o turismo, a indústria da paz que aproxima os homens em todos os seus quadrantes”.
O longo desses quase trinta e quatro anos depois da publicação do editorial citado pelo jornalista M.R. Gomide, a não ser a construção de dois hotéis de pequeno porte e a reforma de um hotel antigo,o que aconteceu de mais significativo foi a construção da Pousada Recanto dos Palmares, de propriedade do Sr.Paulo Afonso Lima Ladeira, a quem rendo homenagem pelo investimento realizado. Com certeza foi uma importante contribuição ao desenvolvimento do Turismo em nosso município. Sobre as demais ações envolvendo o Turismo em nossa terra, comentarei em outra oportunidade.Aguardem.
POUSADA RECANTO DOS PALMARES (FOTO: MARIA GABRIELA GOMES ALVES)

POUSADA RECANTO DOS PALMARES - JARDIM (FOTO: MARIA GABRIELA GOMES ALVES)

POUSADA RECANTO DOS PALMARES - A BELA PISCINA (FOTO: MARIA GABRIELA GOMES ALVES)

Um comentário:

  1. Conheci a cidade através de uma pessoa maravilhosa.
    A cidade é pacata, um povo acolhedor, clima gostoso.
    Começo a imaginar a hipótese de morar em São João, quando me aposentar !!

    ResponderExcluir