segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Carnaval são-joanense: grandes lembranças


IMAGEM ILUSTRATIVA EXTRAÍDA DO SITE DA BIBLIOTECA NACIONAL (EDIÇÃO Nº02231 DO JORNAL "VOZ DE S.JOÃO)



No carnaval de 1981 o jornal "Voz de S.João" em sua edição nº 02231, por meio da coluna "Sociedade em destaque", da saudosa jornalista e poetisa Déa Verardo Loures, publicava o seguinte:
"E nossa garbosa engalanou-se pomposamente para receber "Momo", o rei da alegria.
Como acontece todos os anos , a cidade estava cheia, não só de são-joanenses ausentes, como também de grande número de turistas prestigiando o nosso carnaval.
São João honrou mais uma vez a sua tradição apresentando um belo
carnaval, há muito considerado o melhor do interior de Minas.
A decoração de nossos clubes e da nossa urbe, muito elogiada e comentada por todos, principalmente os visitantes, que entusiasmados diziam: nem grandes metrópoles aprimoraram-se tanto! Decorações luxuosas, rafinê mesmo! Demonstração de arte, bom gosto e criatividade dos grandes artistas são-joanenses Flávio Ferraz Lima e Keco Pinto, que novamente reafirmaram o valor que possuem.
A batalha de confete na quinta-feira abriu o carnaval de rua e na sexta-feira o Botafogo fez realizar o já tradicional Baile da Saudade, numa animada vesperal carnavalesca.
Apesar da animação nos clubes Trombeteiros, Democráticos e Operário, que garantiram seus bailes e matinês infantis, notamos uma tendência do folião são-joanense pelo carnaval de rua. Será a falta de dinheiro ou a volta dos carnavais antigos, onde os blocos, as críticas, os corsos, as passeatas, hoje substituídas pelas escolas de samba, enchiam as ruas da cidade? Carnaval genuíno, que arrebatava os foliões até quarta-feira de cinzas.
O sábado e a segunda-feira ficaram por conta dos blocos. Muito apreciado o Bloco do Barril, que imbuído do verdadeiro espírito carnavalesco, mantinha à frente sua charmosa rainha!
O Bloco da Garoa, de São Paulo, Belô Popó e Nepopó Praia Clube,com suas músicas apropriadas repetiram com mesmo brilho o desfile da Sarmento.
O bloco do Zé Vicente, que este ano fez um pequeno desfile, prometeu para a próxima muitas novidades.
Os grupos de sujos, com suas máscaras jocosas, fizeram a alegria da criançada, animando o carnaval de rua.
Também o Bloco da Girafa fez-se presente, apresentando na terça-feira três carros alegóricos, além da girafa, elefante e outros bichos, não faltando a bateria, tudo com cerca de 500 figurantes.
Domingo e terça-feira São João viveu o desfile das grandes escolas.
Roça Grande, Caxangá, Esplendor do Morro e Avenida Carlos Alves ocuparam a passarela da Cel.José Dutra das 08:00 às 02:00 da madrugada.
Passeios, marquises, janelas, terraços inteiramente tomados pela assistência, que aplaudia suas escolas pela beleza, luxo e originalidade, de acordo com o enredo escolhido.
Verdadeira apoteose! Ponto alto do carnaval são-joanense.
Parabenizamos a todos que trabalharam para oferecerem ao público uma festa tão vibrante como o carnaval da "garbosa", organizando com com entusiasmo e carinho, coexistente com nossa gente e que tanto engrandece São João Nepomuceno". 

Outros detalhes do carnaval de 1981

- Naquele ano aconteceu o baile popular "Vai quem quer", no antigo prédio da estação ferroviária;
- A rainha do Bloco do Barril foi Emílio Sachetto Vitói, que recebeu a faixa das mãos da rainha de 1980, Flávio Ferraz Lima;
- Não participaram do carnaval de 1981 os blocos "Quatro Gerações" e "Zé Pereira" .
- Naquele ano foi realizado o último desfile tendo como passarela a Cel.José Dutra, conhecida tradicionalmente como "Rua do Sarmento";
- Os sambas de enredo apresentados pelas Escolas de Samba foram:
   - Grêmio Recreativo Escola de Samba Roça Grande : enredo "Ontem e Hoje", compositora e intérprete Nely Gonçalves ;
    Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Caxangá: enredo: "Sexta-feira 13", compositores Leacir Reis (Léo Batucada), José Luiz (do tamborim) e Parodi Dessupoio;
  - Escola de Samba Avenida Carlos Alves: enredo "Amor,Amor,Amor", de Ricardo Medina, interpretado por "Bolinha" ;
      -   Grêmio Recreativo Escola de Samba Esplendor do Morro: enredo "Manoa, o sonho dourado", de Luiz Quirino de Freitas e Assaf Assafin.

             Por Nilson Magno Baptista

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

José Roberto Luércio Retondar : " São-joanense do Ano"

JOSÉ ROBERTO LUÉRCIO RETONDAR E A ESPOSA MARIA CÉLIA (IMAGEM EXTRAÍDA DO FACEBOOK)



 Estamos lançando o título “São-joanense do Ano”, que será conferido a pessoas que tiverem atuado em prol do bem-estar, entretenimento, cultura e informação daqueles que vivem em nossa comunidade. Este ano de 2017 o agraciado com o título foi o Sr. José Roberto Luércio Retondar.

Biografia do homenageado

Nascido em São João Nepomuceno no dia 17 de março de 1959, José Roberto Luércio Retondar é filho do casal José Retondar e Maria Aparecida Luércio Retondar. Tem dois irmãos: Aluísio Luércio Retondar e Marco Antônio Luércio Retondar . É casado com Maria Célia de Souza Retondar e o casal tem dois filhos: Roberta Aparecida Souza Retondar e José Augusto Souza Retondar.

Nosso homenageado fez seus estudos no então Grupo Escolar Dona Judith de Mendonça, no Ginásio “Dr.Augusto Glória” e no Instituto Barroso, respectivamente, em nossa cidade. No setor profissional prestou serviços, de 08/10/75 a 17/03/79 na empresa Calçados Sylder Ltda.; no período de 02/04/79 a 29/08/80 prestou serviços a uma empresa de Petrópolis (RJ) e de 01/09/80 a 10/01/88 exerceu atividades na indústria de Calçados Dessan.
 DIPLOMA CONFERIDO POR NETINHO SOARES .FOTO: ROBERTA RETONDAR

Em 2009 foi homenageado com o titulo “Expressão Qualidade” conferido por Netinho Soares, colunista esportivo do jornal “Voz de S.João”.

Como radialista, outra atividade por ele exercida como colaborador, realizou plantões esportivos cobrindo os seguintes campeonatos Liga Atlética Ubaense (LAU), Liga de Cataguases (LEC), Liga de Leopoldina, Liga de Visconde do Rio Branco, Liga de Muriaé e Liga de São João Nepomuceno, Campeonato Brasileiro séries A,B,C e D, Campeonatos Mineiro, Carioca e Paulista, além da Copa Panorama (antiga TV Panorama) e da Copa Alterosa de futebol.

 No programa “Bola no Ar”, da Rádio Difusora de São João Nepomuceno, José Roberto, realizava participações diárias também como colaborador, levando aos ouvintes comentários sobre o futebol local e regional. Na Rádio Criativa, juntamente com o companheiro Luciano Falador, manteve, como voluntário um programa esportivo que conquistou grande audiência. Atualmente apresenta o programa “JR Comunicando”, na Rádio Cultura, onde soube conquistar um grande número de ouvintes, graças à sua maneira simples, alegre e carinhosa de tratar as pessoas. JR, como é mais conhecido, teve ainda participação destacada, colaborando como plantonista esportivo na Rádio Cataguases (programa Marco Antônio Baiano) e na Rádio Jornal de Leopoldina (programa Jairo Fernandes).
JOSÉ ROBERTO AO MICROFONE DA RÁDIO CULTURA (IMAGEM EXTRAÍDA DO FACEBOOK)
JOSÉ ROBERTO E LUCIANO "FALADOR" (IMAGEM EXTRAÍDA DO FACEBOOK)

Outras atividades

Representando a Associação de Apoio à Pessoa com Deficiência José Roberto Luércio Retondar atua como membro do Conselho Municipal de Saúde de São João Nepomuceno onde, nas reuniões, tem apresentado importantes reivindicações visando a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na Associação de Apoio à Pessoa com Deficiência (AAPCDEF), José Roberto, como membro efetivo do Conselho Fiscal, tem atuação destacada e imprescindível, pela sua dedicação à causa de defesa dos direitos da pessoa com deficiência.

Superação
 
Nosso homenageado, em dezembro de 1986, por conta de uma doença dos olhos, perdeu totalmente a visão, mas superou esse infortúnio de forma magnífica e não desistindo da luta enfrentou todos os problemas que foram surgindo, conseguindo criar honrosamente os filhos Roberta e José Augusto, ambos atualmente alunos da Universidade Federal de Juiz de Fora: ela, na área de Assistência Social e ele na de Música, com especialização em violoncelo.
NILSON MAGNO BAPTISTA (EDITOR DESTE BLOG) COM JOSÉ ROBERTO E SUA ESPOSA MARIA CÉLIA EM EVENTO SOCIAL (FOTO: EDITE BAPTISTA)

Como se ainda não bastasse, José Roberto, com ajuda da dedicada esposa Maria Célia, cuida da mãe, de 91 anos e do sogro, de 86.  JR também é dono de uma memória prodigiosa, conseguindo “guardar” dezenas de números de telefones, assim como uma infinidade de informações importantes, apesar de ter sido privado da capacidade de ler, porém com uma audição cada dia mais aprimorada.

                      Por Nilson Magno Baptista

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Câmara Municipal realiza movimentada reunião no encerramento dos trabalhos de 2017


FOTO: MARCO ALMEIDA



A Câmara Municipal de São João Nepomuceno realizou ontem (19) sua última reunião deste ano, com presença de todos os vereadores e dois participantes na Tribuna Livre: Luiz Henrique Dias de Castro, representando o Lar Ambrosina de Matos e falando sobre as verbas que constam dos orçamentos anuais do município, mas não chegam a algumas instituições da cidade. Entre outras coisas disse aos vereadores: “faz mais de oito anos que estive nesta casa com este mesmo assunto, Como durante anos não fomos atendidos paramos de vir”. Já Antônio Novato utilizou a Tribuna Livre para solicitar apoio por parte do Poder Executivo para a categoria dos apicultores que exercem sua atividade produtiva no município de São João Nepomuceno.Após a fala do Sr. Luiz Henrique o Vice-prefeito, Sr. Sebastião Carlos Barbosa teceu comentários explicando como é elaborado o Orçamento Anual do Município , que os valores são fruto de uma estimativa e que o repasse das subvenções às entidades fica condicionado à disponibilidade desses valores no caixa do município.
FOTO: MARCO ALMEIDA

Vários projetos de lei foram apresentados, porém um deles, o de autoria do vereador José Maria de Almeida, propondo a criação de pontos de táxi nos distritos, teve maior destaque em vista do debate levantado em torno do assunto. Durante a discussão do projeto, o Dr. Robson Zagre, em nome dos taxistas, teve oportunidade de participar argumentando que o projeto necessita ser  revisto, inclusive ouvindo maior número de moradores dos distritos, e que ,no momento, sua aprovação seria inoportuna. Ao final o projeto foi reprovado por maioria dos votos.

Posse da nova Mesa Diretora e homenagens

Amanhã (21), com início às 20 horas e tendo como local a Escola Municipal Coronel José Brás, acontecerá a Sessão Solene de posse da nova Mesa Diretora para a Sessão Legislativa 2018: Presidente: vereador Írio Henriques Furtado; Vice-presidente: vereador Reniraldo da Silva de Oliveira e Secretário: vereador Ruy Rodrigues Barbosa.

Na ocasião será também realizada a entrega de títulos de Honra ao Mérito e Cidadania São-joanense às seguintes pessoas da comunidade:

- Anderson Januário Hudson;

- Antônio Carlos Dias;

- Creso Rigolon;

- Francisco Reginaldo do Nascimento;

- Iago Ângelo Dias;

- Maria Aparecida Araújo de Oliveira;

- Maria Célia Silva Bellini;

- Maria do Rosário Marques Agrelli;

- Thaís Knop Castro.


Por Nilson Magno Baptista

terça-feira, 7 de novembro de 2017

03/11/2017 : desligados os transmissores da Rádio Difusora AM, 1420 KHZ. Começa a era FM!

MOMENTO EM QUE ISAÍAS SPORCH DE FREITAS, AO LADO DE AMADO ROBERTO,INICIA O DESLIGAMENTO DOS TRANSMISSORES AM. O FATO FOI REGISTRADO EM VÍDEO POR ISRAEL MALTHIK, COM O TÍTULO "ENCERRAMENTO DA AM DIFUSORA HD", DISPONÍVEL AO PÚBLICO NO YOUTUBE: https://youtu.be/2Ufzkat3Po0 .

Uma interessante coincidência foi o desligamento da Rádio Difusora AM de São João Nepomuceno exatamente no dia do meu aniversário, eu que sou neto de Alcibíades de Araújo Porto, um dos fundadores dessa tradicional emissora de Rádio, no ano de 1953, juntamente, com seus fiéis amigos e companheiros Joaquim Campos e Mateus Caldas de Oliveira. Todos eles já partiram desse mundo material, mas deixaram uma mensagem a seus descendentes: a importância de se lutar por um sonho, de ter coragem para empreender e estar entre os pioneiros do progresso de nossa amada São João Nepomuceno, a cidade “Garbosa” de Minas Gerais.
DR. ALCIBÍADES DE ARAÚJO PORTO (NENÉM PORTO)

Meu avô Alcibíades, conhecido carinhosamente como “Neném Porto”, viveu por muitos anos aqui em São João Nepomuceno, aonde chegou aos 15 anos de idade (1905). Nascido em Piacatuba, distrito de Leopoldina, veio residir nesta cidade com seu irmão, o Padre Aristides de Araújo Porto, coadjutor do vigário local, o Padre Condé.

“Neném Porto” veio a se casar com Narcisa Henriques de Araújo Porto e ainda muito jovem já era um empreendedor. Iniciou sua vida profissional como barbeiro, foi comerciante e depois se interessou pela “arte dentária”, tendo como seu primeiro mestre o Sr. Dâmaso dos Reis Torres , “Daminhas”, como era conhecido. Formou-se em 1925 pela Escola de Odontologia e Farmácia de Ubá.Teve participação destacada no processo político e social da nossa comunidade, lutando pela modernização do município em vários projetos - além da instalação da já citada Rádio Difusora - entre eles a criação do Aeroclube de São João Nepomuceno e a instalação da Usina Açucareira em Roça Grande. Em 1959 mudou-se, com as filhas Léa e Haydée, para Belo Horizonte, onde faleceu no início da década de 1990, aos 104 anos.

Nesse período de 64 anos de atividades, pela emissora passaram grandes nomes da comunicação local, assim como profissionais que vieram de outras regiões mineiras e estados do Brasil. A partir do ano de 2004 o Sr.Isaías Sporch de Freitas assumiu a propriedade e direção da emissora, organizando e modernizando a empresa, que assim,desde o último dia 03, deixou de transmitir em AM, passando a ser operada em FM, com importante melhoria na qualidade do som e equipamentos de última geração.


Deixo aqui minha homenagem aos pioneiros Alcibíades de Araujo Porto, Mateus Caldas de Oliveira e Joaquim Campos, mas gostaria de relembrar Adilson Cunha Honório, Oraida Muniz, Sidney Baptista (já falecidos), assim como, Paulo Gotti e Joanilson do Vale, ainda entre nós, que fizeram parte da equipe de locutores. Se fôssemos citar todos os que passaram pela emissora desde sua fundação precisaríamos escrever um livro, o que talvez venhamos a fazer um dia, quem sabe?! Porém, registro meu respeito e admiração a todos.

                           Por Nilson Magno Baptista

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Secretaria Municipal de Educação promove Conferência e Audiência Pública


Nos dias 06 e 07 próximos, segunda e terça-feira, a Secretaria Municipal de Educação estará promovendo Conferência e Audiência Pública tratando sobre o tema “ O processo de avaliação e monitoramento do Plano Municipal de Educação: dialogando com a proposta da construção do sistema integrado de educação pública”.


Para conhecer a programação completa desse importante evento clique sobre a imagem acima para ampliá-la.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Patrimônio do Hospital pode ser vendido: e a opinião do povo, não conta?

FOTO DOS NOSSOS ARQUIVOS


Amanhã,quarta-feira ,(01/11), com início às 19 horas, haverá uma Assembleia Geral, nas dependências do Hospital São João, sobre a proposta de venda do imóvel onde funcionava o Setor de Fisioterapia, na rua Domingos Henriques de Gusmão e também do terreno existente nos fundos do prédio principal da instituição, situada na travessa prefeito Agenor Henriques.

Nessa Assembleia Geral somente podem votar os Associados Contribuintes, que pagam mensalmente uma quantia IRRISÓRIA para terem o direito de participar das decisões. E aí entra a pergunta que não quer calar: e o povo de São João Nepomuceno e região, não tem direito de opinar?

 Os recursos financeiros que tem mantido a entidade e há anos  vem sendo repassados pelos governos Federal, Estadual e Municipal, afinal de contas, pertencem ao povo, tratando-se, portanto de DINHEIRO PÚBLICO. E tem mais, o povo, tanto de São João como da região, sempre contribuiu, participando de eventos, shows de prêmios, doação de alimentos e outras necessidades. E isso não daria direito à população de ser ouvida em momentos como este? Ainda mais quando se trata de dispor dos poucos imóveis que ainda compõem seu patrimônio!


E não me venham citar o ESTATUTO SOCIAL da Associação de Caridade de São João Nepomuceno, mantenedora do Hospital, que já passou por várias alterações, inclusive RETIRANDO do seu texto original uma antiga cláusula que proibia exatamente que se colocassem à venda os imóveis de sua propriedade!

                                      Por Nilson Magno Baptista 

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

José Roberto e a COPASA

RADIALISTA JOSÉ ROBERTO LUÉRCIO RETONDAR , O "JR" (IMAGEM EXTRAÍDA DO FACEBOOK)

Hoje, pela manhã, aconteceu a estreia de um novo quadro do programa "JR Comunicando", na Rádio Cultura FM, intitulado “JR de Olho Aberto”, em que o comunicador José Roberto Luércio Retondar emite sua opinião sobre os assuntos do momento.

Suas palavras foram sobre a reunião de ontem na Câmara Municipal, em que a maioria dos vereadores aprovou o projeto de lei nº67/2017, pelo qual o Prefeito Ernandes José da Silva fica autorizado a realizar as negociações finais com vistas à renovação do contrato com a COPASA, que agora passará a ter também como sua responsabilidade a coleta e o tratamento dos esgotos em nosso município.


Este foi, em síntese, o comentário de JR : “Já que a Câmara de Vereadores, por meio da aprovação do projeto de lei, concedeu ao Poder Executivo, “carta branca” para tratar do assunto, seria muito importante que os poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, a população e a imprensa são-joanenses se unissem no sentido de, a partir da assinatura do contrato, acompanharem de perto cada passo da empresa em relação à programação e execução das obras. Dessa maneira seria avaliado o andamento do projeto e o cumprimento fiel dos prazos. José Roberto comentou também sobre as 7000 pessoas que assinaram o Abaixo-Assinado defendendo a permanência da COPASA em nosso município e que agora se tornaram verdadeiros fiscais das ações a serem empreendidas pela mesma, assim como os 9 vereadores de São João Nepomuceno, cuja função principal é de zelar pelo desenvolvimento do município e o bem-estar da população".