sexta-feira, 30 de outubro de 2015

CONHEÇA O GRUPO DE QUALIDADE DE VIDA "AMOR EXIGENTE"

IMAGEM ILUSTRATIVA EXTRAÍDA DO FOLDER EXPLICATIVO DO GRUPO "AMOR EXIGENTE".
São João Nepomuceno conta, há alguns meses, com mais uma entidade prestadora de serviços voluntários. Trata-se do Grupo de Qualidade de Vida Amor Exigente, cuja proposta é de uma reeducação familiar destinada não só aos pais, mas a toda macrofamília, desde avós, tios, irmãos, professores e orientadores como forma de prevenir e solucionar problemas de comportamentos inadequados.

Alicerçado na experiência de vida, na vivência de cada dia em sociedade, o AE trabalha por meio de grupos de apoio, em que as pessoas se ajudam a examinar cuidadosamente os diferentes aspectos de sua vida, de proteção social e não só de prevenção às drogas. Nesse sentido, o AE encoraja a pessoa a agir, em vez de falar; Constrói a cooperação familiar e comunitária; Desencoraja a agressividade, a violência.

Os 12 princípios básicos do Amor Exigente:

1º - Raízes Culturais: Os problemas da família têm raízes na estruturação atual da sociedade;

2º - Os pais também são gente: Os pais são humanos, são apenas pais;

3º - Os recursos são limitados: Os pais não são uma fonte ilimitada de recursos;

4º - Pais e filhos não são iguais: Lembre-se de que ser amigo de seu filho é ajuda-lo a ser a pessoa certa para si mesmo e para o mundo em que vive;

5º - A culpa: A culpa torna as pessoas indefesas e sem ação;

6º - Comportamento: O comportamento dos filhos afeta  os pais e o dos pais afeta os filhos;

7º - Tomada de atitude: É prejudicial tomar atitudes sem nenhuma firmeza ou perseverança;

8º - A crise: Bem administrada, surge a possibilidade de uma mudança positiva.

9º - Grupo de apoio: Na comunidade as famílias precisam dar e receber apoio;

10º - Cooperação: A essência da família repousa na cooperação, não só na convivência;

11 – Exigência e Disciplina: Tem o objetivo de ordenar, organizar nossa vida e família;

12º - Amor: Amor com respeito, sem egoísmo, sem comodismo. Deve ser também um amor que eduque, oriente e exija.

Entre os vários princípios éticos recomendados aos participantes do Grupo estão: respeitar a dignidade da pessoa humana, manter o sigilo em relação a depoimentos e identidade dos participantes, manter o caráter de grupo leigo e voluntário. Os demais princípios éticos são passados aos membros do grupo no decorrer das reuniões.


O Grupo de Qualidade de Vida Amor Exigente se reúne às quartas-feiras, a partir das 19:30 horas, na Escola Ubí Barroso Silva. O contato com a coordenação para maiores detalhes pode ser feito pelos telefones: (32) 99988-1694 e (32) 98811-0762.

                                                  Por Nilson Magno Baptista

terça-feira, 27 de outubro de 2015

O REALIZADOR DE SONHOS

IMAGEM EXTRAÍDA DE WWW.TCE.MG.GOV.BR (GALERIA DE EX-PRESIDENTES DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS ) CLIQUE SOBRE A IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA
Uma das mais caras lembranças do meu tempo de menino se refere aos passeios que fazíamos, eu, meus pais e meus irmãos, para visitar meus avós paternos, Antônio Ferreira Baptista e Antônia Hormisda Furtado de Mendonça, em Descoberto.

O motorista que nos levava sempre, em seu “fordinho” 29, era o Sr. João Salvador, que ainda está entre nós, com idade bastante avançada, mas  lúcido o bastante para recordar nossas viagens quando paramos na rua para conversar.

Adorávamos essas viagens, pois era uma verdadeira aventura, principalmente quando chovia e a estrada de terra ficava praticamente intransitável. Quantas vezes passamos pelo Sr. Edwal Mauad, com seu caminhão carregado, rodando com correntes envolvendo os pneus, ou mesmo atolado na lama. Nós passávamos por ele e não podíamos socorrê-lo, pois o Ford 29 não tinha força para puxá-lo.

Quando não era poeira, nas épocas de seca, era barro que nós enfrentávamos naquela estrada sinuosa e estreita, caminho que conduzia ao lugar em que meu pai nasceu e meus avós moravam, numa casa que nós achávamos linda, com seu grande quintal – uma chácara, na verdade – ao lado da Igreja do Rosário.

Mais tarde, meu pai adquiriu um automóvel, e nele passou a nos levar. Aquilo para nós era o auge da felicidade.  Muitas vezes ouvíamos nosso pai dizer, com seu jeito sonhador: “Um dia essa estrada haverá de ser asfaltada”! A gente ouvia, mas não acreditava muito, assim como outras pessoas a quem meu pai dizia isso sempre.

Nessa época em que eu era criança já vivia em Descoberto uma figura humana que ainda não chamava a atenção das pessoas. Esse jovem lutava com tremenda dificuldade para superar uma deficiência física, que o acompanhava desde o nascimento. Mas ele tinha um sonho, e para realizá-lo precisou arranjar um trabalho, pois queria muito estudar. Assim, passou a trabalhar como trocador no ônibus que vinha diariamente para São João. Esse jovem foi aluno do antigo Ginásio São João, mais tarde Instituto Barroso. Depois de concluídos os estudos até o grau máximo que podia conseguir por aqui, decidiu ir para Belo Horizonte, onde continuou  estudando, até concluir a Faculdade de Direito. Tornou-se lá, além de bancário, líder estudantil, que a todos encantava, com sua simpatia e determinação na busca de seu sonho. Não poderia dar em outra coisa: acabou se candidatando a vereador da Capital, sendo eleito e depois reeleito. Daí para deputado estadual foi “um pulo”, como se diz.

E foi aí que o sonho de meu pai – e de muitos outros descobertenses – se realizou. Por meio do trabalho obstinado que o jovem deputado realizou, no sentido de trazer benfeitorias para o povo de Descoberto, São João Nepomuceno e região, finalmente a estrada São João-Descoberto veio a receber o tão sonhado asfalto, assim como o trecho que continuava até Guarani. Depois veio a estrada que liga a sede do nosso município ao distrito de Roça Grande.

Outro detalhe importante foi aquele ligado à luta do deputado no sentido de conseguir, por meio do governo, as bolsas de estudo que favoreceram muitos e muitos estudantes de nossa região, hoje homens e mulheres formados nas mais diversas e importantes profissões.

Estive na inauguração da estrada São João-Descoberto e pude testemunhar a grande alegria que o povo sentiu naquele dia, em que homens ilustres como o governador da época, Newton Cardoso, acompanhado de outro político de renome, o Senhor Hélio Garcia, lá estiveram para entregar a obra. Fui autor da reportagem sobre o evento, publicada pelo jornal “Voz de São João”.

Ontem, o ex-deputado estadual Elmo Braz Soares, que chegou, no topo de sua carreira, a ocupar o cargo de Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, foi sepultado, com grande acompanhamento, no cemitério municipal de Descoberto - a terra que tanto amou e nunca abandonou - vítima de um trágico acidente aéreo. Paz à sua alma, e que Deus conforte a todos os seus familiares, amigos e admiradores pela dolorosa e irreparável perda.


                                       Por Nilson Magno Baptista

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

ASSOCIAÇÃO DE APOIO À PESSOA COM DEFICIÊNCIA FAZ APELO



A Associação de Apoio à Pessoa com Deficiência – AAPCDEF, de São João Nepomuceno torna público um apelo no sentido de que as pessoas com deficiência sejam tratadas com maior respeito e consideração em nosso município.

Assim, vimos, por este meio, solicitar o atendimento aos seguintes pedidos:

I – Que os comerciantes locais evitem colocar mercadorias e outros objetos nos passeios da cidade, principalmente na área central, pois esse costume causa grande transtorno para nós, principalmente cadeirantes e deficientes visuais e até mesmo para pessoas que necessitam utilizar andadores e bengalas, por exemplo;

II – Que os proprietários de bares, restaurantes, lanchonetes e similares solicitem aos seus clientes que respeitem o direito dos pedestres, não apenas com algum tipo de deficiência, mas todos eles, de transitarem livremente pelos passeios;

III – Que as autoridades municipais estudem e coloquem em execução ações concretas e urgentes que possibilitem às pessoas com deficiência o acesso fácil a todos os prédios públicos e também particulares da cidade;

IV – Que os motoristas sejam respeitosos e atentos quanto à utilização das vagas de estacionamento exclusivas para pessoas com deficiência;

V – Que a Secretaria Municipal de Saúde de São João Nepomuceno propicie a existência de sanitários adaptados para pessoas com deficiência em todas as suas unidades e que providencie com a máxima urgência a colocação de piso antiderrapante na rampa que dá acesso ao pavimento superior da Policlínica.

Feitas essas solicitações lembramos que as pessoas com algum tipo de deficiência em São João Nepomuceno são  em número superior ao que a maioria da população imagina, sem contar parentes e amigos dessa parcela significativa de nossa população. Lembramos ainda que nós também somos eleitores e contribuímos com impostos em condições de igualdade com os demais cidadãos. Além disso, somos clientes do comércio e demais prestadores de serviços existentes no município.


O Presidente a Associação de Apoio à Pessoa com Deficiência – AAPCDEF, de São João Nepomuceno é o Sr. Nilson Magno Baptista e os contatos podem ser feitos pelos celulares 9 99187812 e 9 88601954, ou ainda pelo e-mail nilsonbaptista88@yahoo.com.br .